Viafara twitta sobre Brasil 3 x 1 Colômbia


Em poucas palavras o colombiano Julian  Viáfara descreve o confronto do Sul-Americano Sub-20 entre o Brasil e Colômbia.

O torcedor que esperava ver novo show de Neymar na madrugada desta sexta-feira teve que esperar até os 41 do segundo tempo: sem a atuação brilhante da estreia (quatro gols contra o Paraguai), o craque do Santos sofreu com a marcação da Colômbia e fez um golaço nos minutos finais para fechar o placar da vitória do Brasil por 3 a 1, em Tacna, pela segunda rodada do Grupo B do Sul-Americano Sub-20.

O resultado mantém a Seleção de Ney Franco na liderança da chave, agora com seis pontos, e fez o time brasileiro dar um passo importante para a classificação ao hexagonal final, de onde sairão os dois representantes do continente nos Jogos Olímpicos de 2012 e os quatro no Mundial deste ano, na Colômbia. Casemiro e Willian José marcaram os primeiros gols do Brasil, e Cardona, de pênalti, diminuiu para os colombianos, considerados por Ney Franco como um dos favoritos ao título sul-americano.

O Paraguai, que enfrenta o Equador na terceira rodada, está em segundo, com três. No próximo domingo, às 14h30m (de Brasília), o Brasil vai enfrentar a Bolívia, em Moquegua. Já os colombianos vão folgar.

Expulso na estreia da Seleção Brasileira sub-20, na última terça-feira, na vitória por 4 a 2 sobre o Paraguai, Ney Franco assistiu ao confronto da tribuna de honra do estádio ao lado do assistente da equipe principal, Sidnei Lobo. O auxiliar Moacir Pereira foi quem comandou o time do banco de reservas.

Nervosismo e poucas chances de gol na etapa inicial em Tacna

Lucas na partida do Brasil contra a ColÔmbia
Lucas tenta levar o Brasil ao ataque na partida
contra a Colômbia, em Tacna (Foto: Mowa Press)

Assim como na estreia, a Seleção Brasileira não começou bem a partida. Os colombianos tinham mais domínio de bola e tentavam chegar ao ataque na base da velocidade, principalmente com os lances do camisa 11 Castillo. Mas a primeira chance clara de gol foi do time canarinho, aos 19. Lucas dominou na entrada da área e soltou a bomba. O goleiro Mosquera fez uma grande defesa.

Quatro minutos depois, a  Colômbia respondeu. Cardona cobrou direto uma falta pelo lado esquerdo da grande área. O goleiro Gabriel saltou para defender, mas a bola explodiu no travessão. Quase o primeiro gol dos colombianos. A partir daí, a Seleção passou a ter mais posse de bola e a controlar o jogo.

Mais discretos do que os paraguaios, os colombianos também abusavam das faltas no meio-campo. Em uma delas, Castillo segurou Casemiro e o árbitro argentino Dário Ubriaco sequer advertiu o atleta com o amarelo. No lance seguinte, pancada em Neymar e finalmente Cardona foi premiado com um cartão.

Os lances incomodoram os brasileiros, que chegaram a esboçar uma reclamação com o árbitro. Neymar, no entanto, tomou à frente e trocou algumas palavras com o argentino. Atitude bem mais tranquila do que na estreia contra os paraguaios, quando a Seleção Brasileira teve dois jogadores expulsos na etapa final (Zé Eduardo e Henrique).

Ainda no primeiro tempo, aos 38, Lucas fez uma ótima jogada e lançou para Diego Maurício na intermediária. O atacante ganhou na corrida do adversário, invadiu a área e soltou a bomba. A bola passou por cima do gol de Mosquera.

Casemiro, Willian José e Neymar marcam e garantem mais três pontos para a Seleção

Willian comemora gol do Brasil contra a Colômbia
Willian beija a tatuagem na comemoração do gol
brasileiro nesta sexta-feira (Foto: Mowa Press)

A Seleção voltou melhor para a etapa final. Com a mesma formação, o time quase marcou o primeiro logo aos três minutos. Neymar fez uma linda jogada, passou por dois adversários e rolou para Willian José na entrada da área. O atacante soltou a bomba e a bola explodiu na trave de Mosquera, que nada poderia fazer.

Na sequência do lance, Lucas deu um lindo toque de calcanhar e deixou Casemiro de frente para o gol. O volante chutou errado e deperdiçou uma ótima oportunidade de abrir o marcador.

Não demorou para o Brasil marcar o primeiro gol. Aos nove, Diego Maurício recebeu pelo lado direito e cruzou. Casemiro apareceu como elemento surpresa e cabeceou para marcar o primeiro do time canarinho em Tacna. A Seleção seguiu melhor e fez mais um aos 17. Lucas fez ótima jogada pela direita e tocou para Willian tocar para o fundo da rede: 2 a 0.

Após o segundo gol, um branco no time canarinho. Cardona invadiu a área pelo lado esquerdo e foi derrubado por Bruno Uvini. Pênalti para a Colômbia. O próprio apoiador cobrou e diminuiu. Aos 41, Willian José tocou para Neymar pelo lado esquerdo. No mano a mano, o craque passou pelo defensor e chutou para marcar um golaço e sacramentar a vitória brasileira: 3 a 1.

BRASIL3  X 1 COLÔMBIA
Gabriel, Danilo (Rafael Galhardo), Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Casemiro (Oscar), Fernando e Lucas; Neymar, Diego Maurício (Alan Patrick) e Willian José. Mosquera, Arias, Franco, Saiz e Viáfara; Cardona (Ortega), Miguel (Mendoza), Cabezas e Calle; Castillo e Escobar.
Técnico: Ney Franco Técnico: Eduardo Lara
Gols: Casemiro, aos nove minutos, Wllian José, aos 17 minutos, Cardona, aos 19 minutos, Neymar, aos 41 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Cardona, Franco, Cabezas (Colômbia); Gabriel (Brasil)
Cartões vermelhos:
Árbitro: Dário Ubriaco (Uruguai)
Auxiliares: Miguel Nuevas (Argentina) e César Escano (Peru)
Estádio: Jorge Basadre, em Tacna (Peru)

Fonte: Globo.com e Informe24horas

Sobre informe24horas

Informe24horas o seu canal de noticias em primeira mão!

Publicado em 21/01/2011, em Esporte, Futebol e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: