Vitória – teco-teco rubro-negro deixa torcida preocupada!


https://i0.wp.com/n.i.uol.com.br/ultnot/0809/01_ptpac.jpgMas o que se viu no campo foi um time que, apesar de esforçado, errava muitos passes no ataque

Uma má atuação do Vitória na primeira partida de Geninho no Barradão (aeroporto rubro-negro). Na noite desta sexta-feira, 3, o Leão perdeu para o Guarani por 1 a 0, pela terceira rodada da Série B de 2011. Essa é a segunda derrota rubro-negra em três jogos  nacompetição.

A equipe demonstrou nervosismo no seu segundojogo dentro de casa. Pressionado pela derrota contra o Icasa, na rodada anterior, o Leão tinha que vencer. Mas não esperava a boa atuação do time paulista que, no contra ataque, garantiu o triunfo.

O gol do Bugre saiu numa bela jogada de Felipe, destaque da noite. O meia tirou um belo cruzamento da esquerda e encontrou Fernandão na área, livre para cabecear.

Se houve algum destaque no Vitória, foi a atuação de Jérson. Mesmo jogando como volante, posição que não é sua de origem, o meia marcou com eficiência e ainda armou as jogadas mais perigosas do rubro-negro. Fernando fez boa estreia, evitando uma derrota mais dilatada.

Com o mal resultado, os protestos nas arquibancadas voltaram. Logo após o único gol do Guarani, a torcida começou a gritar pedindo reforços. A bronca também sobrou para alguns atletas e para o treinador Geninho.

Os rubro-negros mostraram união no começo do jogo, buscando o segundo triunfo em casa

Jogadores até ensaiou uma decolagem, mais.... derrapou...

Agora, o Vitória está na 14ª posição, com 3 pontos, e ainda pode cair com os resultados dos demais times neste sábado, 4. Na sexta, 10, no Rio de Janeiro, o Leão enfrenta o Duque de Caxias. O time carioca também passa por um mal início na Série B.

Começo morno – O jogo foi feio no primeiro tempo. Logo no primeiro minuto, o estreante Fernando quase cometeu um “frango” após jogada do atacante Fabinho, do Bugre. Por sorte, a bola foi para fora.

Aos 9, boa chance para o time paulista: Fabinho chutou na trave. A resposta do Vitória veio de imediato, quando Uelliton desviou escanteio com perigo, aos 11 minutos.

A partir daí, o Leão passou a dominar a partida. Aos 38, o zagueiro Fortunato desviou cruzamento de Geovanni na área e a bola passou raspando a trave direita do goleiro Emerson.

Apesar do domínio, o Leão não conseguia atacar com perigo. O time errava muitos passes e não tinha velocidade. Apenas as jogadas de bola parada, principalmente aquelas ensaiadas, assustavam os adversários. Enquanto isso, o Guarani insistia no contra ataque.

Bugre volta perigoso – O Vitória começou bem o segundo tempo. Aos 2 minutos, Rildo e Alison tabelaram de cabeça, dentro da área do Bugre. Por fim, o atacante finalizou para bela defesa de Emerson.

Com os rubro-negros no domínio, restava aos paulistas o contra ataque. Após muito insistir, essa estratégia funcionou. Aos 11 minutos, o meia Felipe fez uma brilhante jogada pela esquerda e cruzou na medida para Fernandão, na área. A defesa do Vitória não conseguiu desviar e o atacante cabeceou, sem goleiro. 1 a 0 para o Bugre.

Com o placar favorável ao Guarani, começaram as vaias da torcida. Geninho tomou logo uma providência, mandando o time para o ataque. O preço disso, todos conhecem: a equipe abre espaço na defesa. Os paulistas, então, aproveitaram.

No contra-ataque, o Bugre teve várias oportunidades de aumentar o placar. Numa delas, o goleiro Fernando teve que sair da área para afastar o perigo. No rebote, qause do meio de campo, Dadá arriscou. A bola foi em direção ao gol, mas saiu sutilmente pela direita.

Fabinho, aos 19, Fernandão aos 36 e 37, Chiquinho aos 39 e Denílson aos 48 ainda perderam chances claras de gol, todas no contra ataque. Por isso, o Guarani saiu do Barradão com o triunfo, mas sabendo que poderia vencer por um placar muito maior.

Já os rubro-negros, que partiram no desespero para o empate no final da partida, não o alcançaram. Além da derrota em casa, tiveram também que aguentar o protesto da torcida, que não perdoou a má exibição do time em todo o jogo.

Vitória 0 x 1 Guarani – 3ª rodada da Série B 2011

Local: Barradão, em Salvador (BA).

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

Assistentes: Alexandre Kleiniche (RS) e Carlos Henrique Selbach (RS).

Gols: Fernandão (aos 12 minutos do 2º tempo).
Cartões amarelos: Jérson (Vitória); Dadá e Lucas (Guarani).

Vitória: Fernando; Nino, Léo Fortunato, Alison e Léo (Édson); Uelliton, Jérson, Xuxa (Felipe) e Geovanni (Marcelo); Rildo e Neto Baiano.

Guarani: Emerson; Chiquinho, Neto, Aislan e João Paulo; Lucas, Leandro Carvalho, Dadá (Rafael Jataí) e Felipe; Fabinho Souza (Assisinho) e Fernandão (Denílson).

ESTAR MAIS DO QUE NA HORA DA MOBILIZAÇÃO RUBRO-NEGRA PARA QUESTIONAR A QUALIDADE DO AVIÃO RUBRO-NEGRO.

https://informe24horas.files.wordpress.com/2011/06/papel-ecv-aviao-1024x768.jpg?w=300
COM O SEU MELHOR JOGADOR (BARRADÃO) VITORIA VER O SONHO ESCAPAR DAS MÃOS E TORCIDA VER TIME TRATANDO A PRÓPRIA CASA COMO ABANDONADA.
COM O SEU MELHOR JOGADOR (BARRADÃO) VITORIA VER O SONHO ESCAPAR DAS MÃOS E TORCIDA VER TIME TRATANDO A PRÓPRIA CASA COMO ABANDONADA.

Sobre informe24horas

Informe24horas o seu canal de noticias em primeira mão!

Publicado em 04/06/2011, em Destaque Brasil e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: