Ex-corintiano diz que acusação de furto de veículo foi forjada


O jogador Gilmar Fubá, de 35 anos, que atuou no Corinthians no fim da década de 1990, foi detido por policiais da ROTA (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) na Zona Leste da capital paulista, no início da noite deste domigo. O volante pode ser indiciado por receptação de um veículo roubado e foi encaminhado para o 41º DP da cidade de São Paulo. As informações são do portal UOL.

No domingo, a polícia flagrou dois homens em “atitude suspeita”, no bairro da Vila Rica, enquanto dirigiam uma caminhonete de cor branca. Os homens afirmaram que o carro pertenceria ao volante Gilmar Fubá, que foi então procurado pela polícia, e admitiu ser proprietário do veículo.

Porém, ao verificar a documentação, os policiais confirmaram que o veículo não era licenciado desde 2007 e que havia sido roubado na cidade de Curitiba. Com a constatação, o jogador foi encaminhado para a delegacia e permanece sob custódia, enquanto aguarda a possibilidade de ser indiciado por receptação. O veículo foi apreendido.

Ex-Corintians, Gilmar Fubá vira contador de histórias na 4ª divisão. Foto: Divulgação

Gilmar Fubá será indiciado por crime de trânsito e é alvo de suspeita de receptação

O volante Gilmar Fubá, que atuou no Corinthians durante a conquista do Mundial de Clubes da Fifa em 2000, garantiu, em depoimento à 41ª Delegacia de Polícia (DP) de São Paulo, ter comprado legalmente um veículo seu, em ocorrência de furto, apreendido em São Paulo, e levantou a possibilidade de ter sido alvo de uma “vingança”. Ontem, um amigo de Gilmar foi preso ao ser flagrado conduzindo o carro. A polícia interrogou o ex-corintiano, mas decidiu liberá-lo, após o atleta assegurar que adquiriu o veículo quatro anos antes do registro policial ser protocolado em uma delegacia na cidade de Imbituba, em Santa Catarina.

“Ainda não está claro se o jogador foi realmente flagrado e se poderemos acusá-lo pelo crime de receptação”, disse o o titular da 41ª DP, delegado Sebatião Celso dos Santos. Gilmar, contudo, será indiciado por delito de trânsito, pois o amigo detido com o carro não possuía carteira de habilitação. No interrogatório, o ex-corintiano alegou que o veículo foi comprado em uma negociação com um empresário em 2003. Desde então, segundo Gilmar, a documentação do carro segue no nome do dono antigo.

Gilmar acredita que o fato de dívidas e multas terem sido cobradas do antigo dono, ele poderia ter registrado uma ocorrência de furto forjada para se vingar. “Vamos procurar nas próximas horas a Delegacia de Imbituba e averiguar em qual circustância e por quem este furto foi registrado”, explicou o delegado. A polícia ainda considera o ex-jogador suspeito de ter cometido crime de receptação. “Se não tivéssemos dúvidas sobre o flagrante, ele seria conduzido imediatamente à uma casa prisional”, ressaltou.

Neste ano, o atleta jogou no Santa Helena de Goiânia, mas deixou o clube após cinco partidas. Além do

Sobre informe24horas

Informe24horas o seu canal de noticias em primeira mão!

Publicado em 14/06/2011, em Destaque Brasil, Esporte, Futebol, Policial e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: